Entre Aspas: Então ele roubou meu coração, e me fez poeta.

01

“Ele me faz sentir cada brisa do vento, cada sorriso estampado em meu rosto, cada toque e cada palavra, cada promessa, cada sentimento. Me faz sentir que é pra sempre, simplesmente, puramente e deliciosamente para sempre. Ele faz com que eu me sinta viva de novo!

Ele me destrói e me recompõe assim tão fácil, do mesmo jeito que eu apago linhas de um poema indesejado. Ele tira cada pedaço do meu coração, leva com ele e poe mil melhores no lugar. Assim, ele juntou cada partezinha, ele tem meu coração nas mãos.

Ele cura cada defeito dentro de mim, aprende sobre meus segredos, fazendo com que eles não pareçam tão loucos como eu penso. Ele aprendeu a me decifrar como eu mesma nem sei, aprendeu a fazer a piadas certas que me fazem morrer de rir, aprendeu a me deixar encantada a cada olhar bobo. Ele é diferente de tudo o que eu nem imaginava querer.

E eu sempre digo que nenhuma no mundo iria saber lidar com seu comportamento estranho, com seus sorrisos doces e mordidas bonitinhas. Ninguém saberia lutar quando nem ele mesmo via esperanças com outro amor, mas eu lutei mais do que eu poderia, eu lutei pra ter alguém que eu sabia que valeria a pena cada segundo que eu ficasse louca de raiva. Nenhuma outra garota que ele já teve entenderia o que é tê-lo deitado ao seu lado, com os dedos entrelaçados nos seus, desejando que o mundo parasse.

Ele vem e ele vai, trazendo aquela tempestade, aquela chuva com sol calminho que abre numa frestinha da janela pela manhã. Ele agi como se não soubesse que eu passo horas tentando entender essa nossa historia complicada, que eu sei que vai acabar em um livro de cabeceira de alguém, e não vai ter fim. Eu te amarei até o impossível se tornar realidade, até as estrelas colidirem e caírem pelos céus enquanto estivermos debaixo do edredom vendo o nascer do sol na varanda de uma casinha branca com os pés enterrados na areia, vendo o mar de longe.

Eu o amarei mesmo me sentindo fraca porque até a mil milhas de distancia todos me veem forte, com um sorriso abrindo quando ele chega. E depois desse tempo todo, ainda me pego perdida em meu quarto, relembrando cada história, tendo a certeza que eu quero tê-lo ao meu lado. É assim que eu me sinto, eu não vejo mais abrigo, e sim eu quero o perigo de poder amar você, assim, contra o mundo inteiro.”

Postado Por Kami Moraes

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s