Fitness & Healthy: Glúten Free e Lacfree!

Glúten free, e lacfree. Por que?

Quem me segue no instagram (@carolmonteiros) sabe que eu tô preferindo pra tudo que não contém glúten e lactose, e reduzi consideravelmente essas duas substâncias da minha dieta. Pra quem não sabe, o glúten é uma proteína presente no trigo, no centeio, na cevada e na aveia (em menor quantidade). Geralmente, a perda de peso ocorre somente com a redução dos alimentos com glúten, já que são geralmente muito calóricos, como o pão, macarrão e a cerveja por exemplo.

Os alimentos glúten free, em contrapartida, tem em média a mesma quantidade de calorias. Então, por que eliminar ou reduzir o glúten de nossas dietas? Alguns organismos podem apresentar dificuldade em absorver o glúten, causando desconforto após a sua ingestão e em casos mais graves até a inflamação das paredes do intestino que impede a absorção de diversos outros nutrientes, gerando graves complicações (doença celíaca). Se você sente qualquer tipo de desconforto depois de um prato de macarrão, por exemplo, procure seu médico para checar sua tolerância ao glúten. Além disso, o glúten naturalmente exige mais tempo para ser processado, desacelerando o nosso metabolismo. O único cuidado que devemos ter se preferir eliminar ou reduzir o glúten, pra dar um up no metabolismo é substitui-lo por carboidratos “do bem”: tapioca, mandioca, batata doce, etc. Pois estes são responsáveis pela sensação de saciedade e energia.

2

Já a lactose é o açúcar do leite, e na digestão é quebrada pela enzima lactase. O problema é que com o passar do tempo, ela é produzida cada vez menos pelo nosso organismo, prejudicando dessa forma a digestão e provocando distensão abdominal, retenção de líquido e sensação de estufamento. Atenção nas substituições: o leite desnatado mesmo com a redução de gorduras ainda contém lactose. Eu substitui o leite desnatado pelo leite de soja 0 gordura, e me sinto de fato menos estufada, e meu metabolismo trabalhando mais rápido, o que facilita a digestão. A desvantagem é o sabor, não muito semelhante mas, eu já me acostumei. Quanto ao cálcio ele pode ser facilmente substituído pelo consumo de verduras, legumes, frutas e sementes.

Faça o teste você também, experimente reduzir essas substâncias, substituindo-as por alguns dias e veja como o seu corpo reage. Você pode se surpreender com os resultados: você é o que você come.

23

ATENÇÃO: O texto foi elaborado mediante pesquisas e experiências pessoais! Sugiro que você faça um teste, pois juntamente com uma alimentação balanceada e acompanhamento nutricional tem surtido bons efeitos no meu corpo. Porém, o ideal antes de cortar radicalmente toda e qualquer substancia da sua dieta, assim como eu fiz, é procurar um profissional da área.

Para mais sugestões e receitinhas do bem me sigam no Instagram: @carolmonteiros. Uma boa semana à todos!

Beijos,
_Ass Mari

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s